David Carreira – Como Na Primeira Vez Lyrics

Há memórias de ti pelo chão
A lembrar-me o que perdi
Vou juntando os pedaços do meu coração
Tudo o que restou de mim
Mas até te esquecer, eu vou pensar em ti
E sonhar que sou capaz
De mudar o final que eu próprio escrevi
E poder voltar atrás
Fico preso no tempo em que via o céu
Pintado no teu olhar
Fico preso no tempo em que o mundo era meu
E vivia pra te amar
Queria ter-te junto a mim
E mostrar-te o que não vês
Queria ter-te junto a mim
Como na primeira vez
Cada sombra no quarto, um fantasma de ti
Que ficou pra me assombrar
E ao som do silêncio, eu já me rendi
Só me resta recordar
Este doce sabor dos teus lábios em mim
Como ondas no meu mar
Acredito em sonhos, que não foi o fim
E não quero acorda
Fico preso no tempo em que via o céu
Pintado no teu olhar
Fico preso no tempo em que o mundo era meu
E vivia pra te amar
Queria ter-te junto a mim
E mostrar-te o que não vês
Queria ter-te junto a mim
Como na primeira vez
Há memórias de ti pelo chão
A lembrar-me o que perdi
Mas até te esquecer, eu vou pensar em ti
E sonhar que sou capaz
De mudar o final que eu próprio escrevi
E poder voltar atrás
Fico preso no tempo em que via o céu
Pintado no teu olhar
Fico preso no tempo em que o mundo era meu
E vivia pra te amar
Queria ter-te junto a mim
E mostrar-te o que não vês
Queria ter-te junto a mim
Como na primeira vez
Fico preso no tempo em que via o céu
Pintado no teu olhar
Fico preso no tempo em que o mundo era meu
E vivia pra te amar
Queria ter-te junto a mim
E mostrar-te o que não vês
Queria ter-te junto a mim
Como na primeira vez